2 de nov de 2014

Alimentação Equina



Cuidar da alimentação do seu animal,certamente trará bons resultados no trabalho e para o próprio animal.
Nos centros hípicos e criatórios,a nutrição tem tomado lugar de grande destaque, ao se reconhecer sua importância.
Uma má nutrição pode ocasionar problemas como cólica,azotúria,laminite,entre outros.

Para uma dieta bem equilibrada,é necessário os seguintes nutrientes:

O nutriente de maior importância  é a água,sem dúvidas. Basta que se percam 10% dela no organismo, para ser fatal, enquanto a perda de proteína e da gordura pode chegar a 50%, sem maiores prejuízos para os animais.
A água regula a maioria das reações orgânicas. Um cavalo necessita de 45 a 50ml /kg, por dia, desse líquido precioso. O balanceamento da oferta de água é também de igual importância, pois, sua deficiência no organismo do equino leva à diminuição da performance atlética, pouco consumo de comida e à desidratação e o seu excesso pode causar, embora raramente, problemas neurológicos.




 Hidratos de Carbono
Estão presentes no amido (é encontrado nos cereais), nos açúcares (presentes em todos os alimentos, principalmente nos melaços e na erva fresca) e em certos componentes das fibras.

Óleos e Gorduras
Os óleos estão presentes em pequenas quantidades na maioria dos alimentos comerciais e é geralmente acrescentado à dieta do cavalo sobre a forma de óleo vegetal. Estes contém duas vezes e meia mais energia do que os hidratos de carbono, sendo assim fontes de energia concentrada.

Fibras
Encontram-se em todos os alimentos principalmente na erva no feno e na palha e são um elemento muito importante na dieta do cavalo.

Proteínas
Ao serem decompostas dão origem aos aminoácidos que são utilizados no crescimento, na gravidez, na produção de leite e na reparação de tecidos.

Minerais
O equilíbrio de minerais mais importante é o do cálcio e do fósforo, com uma relação de cerca de uma parte e meia de cálcio para uma parte de fósforo. O magnésio, o sódio, o cloro e o potássio são outros dos minerais principais enquanto que o cobre, o ferro, o manganês, o selénio e o zinco são minerais secundários.

Vitaminas
As vitaminas principais são A, D, E, K e o grupo B. Ajudam a controlar as reações químicas e bastam pequenas quantidades para manter a saúde. Alimentos como o feno são pobres em vitaminas enquanto que a erva e os alimentos verdes são boas fontes deste elemento.

Todos esses nutrientes estão distribuídos em forragens,cereais e rações compostas.



Regras da boa alimentação:

  • Tenha sempre ao alcance do cavalo água limpa e fresca;
  • Dê ao cavalo pelo menos 2 refeições por dia se estiver em trabalho leve ou médio e 3 ou 4 se tiver um esquema de trabalho completo, de modo a que coma pouco de cada vez mas muitas vezes;
  • Baseie-se no peso da comida e não no seu volume – pese a amostra da comida e saiba sempre quanto é que dá a comer ao seu cavalo;
  • Alimente o cavalo tendo em conta o seu peso e registe todas as mudanças, devendo consultar o veterinário se estiver preocupado com a dieta;
  • Não faça alterações bruscas na dieta, de modo a evitar problemas digestivos;
  • Dê ao cavalo cerca de 2 ou 3 horas de descanso a seguir a uma refeição e só o alimente 1 hora após terminado o trabalho;
  • A alimentação do cavalo dever ter pelo menos 50% de fibras;

Fontes: http://www.tudosobrecavalos.com/Alimentacao_Nutricao.htm

http://www.escoladocavalo.com.br/2012/03/nutricao-equina-primeiro-passo-para-um-animal-saudavel/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!Seu comentário é muito importante para nós!
Comentários sobre,críticas,e pedidos são feitos na página de Contato,ou então,nos mande um e-mail: guiaanimal-contato@hotmail.com
Obrigada!

 

Criação gráfica
e sistema por:
Malu Favero
| Proibida a cópia
| Bem Vindos