20 de fev de 2013

Cat Lovers #3 - Gato das florestas noruêguesas



Olá gente, sejam bem vindos a mais uma edição de Cat Lovers ;) conheça hoje uma raça originária da Noruega bem curioso!

Gato Das Florestas
Norueguêsas
Grey Norwegian Forest Cat.jpg
Outro nome bem sugestivo! O Gato das Florestas Norueguêsas tem tal nome pois obviamente se origina da Noruega. É um gato com traços e personalidade bem selvagem (falaremos disso mais a frente). Sua origem é um pouco incerta não se sabe que raça deu origem a essa. Alguns acreditam que ela é uma mistura dos gatos de pelo curto ingleses trazidos pelos Vikings e os gatos de pelo longo.

Esse gato possuí um pelo longo que o permitiu sobrevier nos invernos noruegueses rigorosos. Algo que é bom escrever de imediato é que se deseja adotar um deles eu digo que não será uma boa idéia...

Por ser um gato de traços selvagens ele não se dá muito bem a área urbana e espaços muito pequenos. O ideal seria se você mora-se em algum lugar grande aberto para seu gato. Como uma fazenda por exemplo.

Chega a pesar de 8 a 12 Quilos. Seu pelo pode ser encontrado de todas as cores. Assim como os olhos também ovais encontrados em todas as cores. O gato não era muito conhecido fora da Noruega até a metade do século XX, porém hoje em dia se pode encontrar eles em feiras, concursos, espalhados pelo mundo. Uma curiosidade é que apesar de ser um gato originário da Noruega e ainda existir alguns vivendo nas florestas da mesma. A maior população da espécie é na Suíça  país também de clima frio ao sul da Noruega.

Saúde e Cuidados
Como todo gato esse não é diferente, escovação pelo menos semanal para evitar bolas de pelo e que o pelo se enrosque, durante a troca de pelo deve ser diária (primavera). Ele é um gato que pode ter pouca ou nenhuma doença são gatos saudáveis. Podendo ter como já citado bolas de pelo (de tanto se lamber, se formam bolas de pelo no intestino que bloqueiam a passagem das fezes). Displasia da retina (não há nenhum tratamento conhecido para essa doença) que pode causar cegueira, pode ser herdada ou não. Cardiomiopatia hipertrófica felina, que aumentará a espessura do músculo do coração. Não há cura mas há uma dieta e tratamentos para controlar isso. Doença do rim policístico. pode ocorrer entre gatos de 3 a 10 anos na raça. Doença de armazenamento de glicogênio tipo IV (GSD tipo IV), uma doença que é encontrada apenas nessa raça, É uma doença hereditária, caracterizada por atividade deficiente ou defeituosa das enzimas responsáveis pela metabolização de glicogênio no corpo. Isto leva a um acumulo anormal de glicogênio, o material que auxilia o armazenamento de energia de curto prazo em células através da conversão em glicose quando o corpo necessitá-lo para necessidades metabólicas.
Os gatinhos que nascem com essa doença, nunca chegam à idade adulta, e geralmente são natimortos. Mas alguns nascem sem nenhum sinal da doença, e apenas com cinco meses de idade, os animais começam com uma fraqueza muscular, e não conseguem mais andar.
Não existe tratamento, porem existe um teste de DNA disponível para o diagnóstico de gatos portadores. É herdada como um traço autossômico recessivo simples, sendo assim, o macho e a fêmea tem que ter o gene presente para que o filhote manifeste a doença. É importante que como todo gato faça uma consulta ao veterinário a cada 6 meses ao mínimo. e também fazer quinzenalmente uma limpeza no ouvido.

Personalidade
São gatos de natureza selvagem que possuem um lado bem selvagem e independente, esses gatos podem ser um ótimo gatinho de família, desde que tenha um espaço para faze-lo se movimentar, Mas apesar disso, são gatos dóceis e caseiros, são gatos bem curiosos, se dão muito bem com crianças, adoram brincar e se dão muito bem com outros animais de estimação, é um gato bem sociável, ele é um gato que gosta de se sentir parte da família.







Lembre-se Caso queira adota-lo procure um criador com um bom histórico. Caso não encontre seria ótimo adotar um gato que está em algum abrigo e dar a ele um novo lar!

E assim termina mais um Cat Lovers, até a próxima =)

Fontes: Cuidado: Tudo Gato, onde procurei doenças hereditárias que o gato pode vir a adquirir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!Seu comentário é muito importante para nós!
Comentários sobre,críticas,e pedidos são feitos na página de Contato,ou então,nos mande um e-mail: guiaanimal-contato@hotmail.com
Obrigada!

 

Criação gráfica
e sistema por:
Malu Favero
| Proibida a cópia
| Bem Vindos